A mente insana de Raymond Pettibon

Sua genialidade é algo absurdo! As primeiras vezes que tive contato com seus trabalhos, já me entusiasmei por cada traço.Lembro-me de quando moleque ver muitas vezes a logo do Black Flag e achar magnífico aquelas quatro linhas, que simulam uma bandeira negra. Porém, eu não fazia ideia quem era a pessoa responsável por trás daquilo. Eram outros tempos, sem acesso à internet, mas ver cada camiseta ou tatuagem me despertava a curiosidade de conhecer quem desenvolveu essa logo ícone.


Estou falando de Raymond Pettibon, um dos artistas visuais mais conhecidos do meio punk/hardcore e fora dele. Responsável por grande maioria das artes da banda Black Flag e da SST Records. Posteriormente, tornou-se amplamente conhecido por muitos outros trabalhos no mundo das artes plásticas, abordando assuntos sobre religião, política, sexualidade, história da arte, entre outros temas.

Pettibon tem alguns processos de criação e desenvolvimento. Ele destaca que trabalha principalmente com tinta nanquim no papel e que muitos de seus primeiros desenhos foram em preto e branco. Embora, às vezes introduza cores através do uso de lápis, aquarela, colagem, guache ou tinta acrílica. Começou a trabalhar em colagem em meados dos anos 80, com elementos simples de papel de jornal colados em imagens em preto e branco. Tem como influência artistas como William Blake e Francisco Goya, pelo estilo de caricaturas políticas.

 

Algumas capas de discos que vale destacar de Raymond Pettibon: 

Black Flag – Family Man, In My Head, Jealous Again, Loose Nut, My War, Nervous Breakdown, Six Pack, Slip It In e The Complete 1982 Demos. 

Foo Fighters – Have It All (single) e One By One.

Sonic Youth – Disappearer (single) e Goo.

Minutemen – Paranoid Time e What Makes a Man Start Fires?

Off! – First Four EPs, Off! e Wasted Years.


Pettibon participou também de diversas exposições pelo mundo todo, algumas coletivas e outras individuais, que aconteceram em diversos países. Alemanha, França, Espanha e Inglaterra foram alguns deles. A cada ano que passa, ele ganha mais reconhecimento por toda a sua história e contribuição para o meio das artes visuais. Ele também já recebeu diversos prêmios diferentes por causa disso.

O mais legal de tudo, é saber que o seu legado é eterno! Ele vai continuar influenciando inúmeras pessoas pelo mundo todo, desde novos artistas até artistas já consagrados. Além de mostrar que cartazes e capas de cds punks podem ocupar grandes exposições e ter grande reconhecimento mundial.

Obrigado, Raymond Pettibon!

 

Confira alguns de seus trabalhos:

previous arrownext arrow
Slider

 

Outros conteúdos sobre ele que vale a pena dar um confere:

Site Oficial: http://www.raypettibon.com

Documentário “The Art Of Punk”: https://www.youtube.com/watch?v=N0u04EqNVjo

Entrevista com Raymond Pettibon na Vice Brasil: https://www.vice.com/pt_br/article/8x5n93/raymond-pettibon-entrevista