A mente insana de Raymond Pettibon

Sua genialidade é algo absurdo! As primeiras vezes que tive contato com seus trabalhos, já me entusiasmei por cada traço.Lembro-me de quando moleque ver muitas vezes a logo do Black Flag e achar magnífico aquelas quatro linhas, que simulam uma bandeira negra. Porém, eu não fazia ideia quem era a pessoa responsável por trás daquilo. Eram outros tempos, sem acesso à internet, mas ver cada camiseta ou tatuagem me despertava a curiosidade de conhecer quem desenvolveu essa logo ícone.


Estou falando de Raymond Pettibon, um dos artistas visuais mais conhecidos do meio punk/hardcore e fora dele. Responsável por grande maioria das artes da banda Black Flag e da SST Records. Posteriormente, tornou-se amplamente conhecido por muitos outros trabalhos no mundo das artes plásticas, abordando assuntos sobre religião, política, sexualidade, história da arte, entre outros temas.

Pettibon tem alguns processos de criação e desenvolvimento. Ele destaca que trabalha principalmente com tinta nanquim no papel e que muitos de seus primeiros desenhos foram em preto e branco. Embora, às vezes introduza cores através do uso de lápis, aquarela, colagem, guache ou tinta acrílica. Começou a trabalhar em colagem em meados dos anos 80, com elementos simples de papel de jornal colados em imagens em preto e branco. Tem como influência artistas como William Blake e Francisco Goya, pelo estilo de caricaturas políticas.

 

Algumas capas de discos que vale destacar de Raymond Pettibon: 

Black Flag – Family Man, In My Head, Jealous Again, Loose Nut, My War, Nervous Breakdown, Six Pack, Slip It In e The Complete 1982 Demos. 

Foo Fighters – Have It All (single) e One By One.

Sonic Youth – Disappearer (single) e Goo.

Minutemen – Paranoid Time e What Makes a Man Start Fires?

Off! – First Four EPs, Off! e Wasted Years.


Pettibon participou também de diversas exposições pelo mundo todo, algumas coletivas e outras individuais, que aconteceram em diversos países. Alemanha, França, Espanha e Inglaterra foram alguns deles. A cada ano que passa, ele ganha mais reconhecimento por toda a sua história e contribuição para o meio das artes visuais. Ele também já recebeu diversos prêmios diferentes por causa disso.

O mais legal de tudo, é saber que o seu legado é eterno! Ele vai continuar influenciando inúmeras pessoas pelo mundo todo, desde novos artistas até artistas já consagrados. Além de mostrar que cartazes e capas de cds punks podem ocupar grandes exposições e ter grande reconhecimento mundial.

Obrigado, Raymond Pettibon!

 

Confira alguns de seus trabalhos:

dc55892bb6e6a89dc6235e706a9d2713
7a24148806fb23e3a494b8cdd67c06c1
c9fac86fb7bd7323dd413b2eab831931
10e3c9fd5a697cc94ae4fd1375f59fdd
f3fc42dbf0b31945a1a32b977335ebef
8e87093e61d41130d8fd4b56b57635ea
97ac6f01d5fd37ce41977e4ebfcb6b69
84731a2e8d13ca5a2aae473d3d53bdfe
15e3472d86a5a7e77898fe146d8181b4
467251676762812a2a2c3215d20cc6a3
43f023f8afbe2384d1c13de24bb5aea6
c7462c47228d44eb1b6a78ff080e985c
dc55892bb6e6a89dc6235e706a9d2713
7a24148806fb23e3a494b8cdd67c06c1
c9fac86fb7bd7323dd413b2eab831931
10e3c9fd5a697cc94ae4fd1375f59fdd
f3fc42dbf0b31945a1a32b977335ebef
8e87093e61d41130d8fd4b56b57635ea
97ac6f01d5fd37ce41977e4ebfcb6b69
84731a2e8d13ca5a2aae473d3d53bdfe
15e3472d86a5a7e77898fe146d8181b4
467251676762812a2a2c3215d20cc6a3
43f023f8afbe2384d1c13de24bb5aea6
c7462c47228d44eb1b6a78ff080e985c
previous arrow
next arrow

 

Outros conteúdos sobre ele que vale a pena dar um confere:

Site Oficial: http://www.raypettibon.com

Documentário “The Art Of Punk”: https://www.youtube.com/watch?v=N0u04EqNVjo

Entrevista com Raymond Pettibon na Vice Brasil: https://www.vice.com/pt_br/article/8x5n93/raymond-pettibon-entrevista